Seguranca no condominio

24/02/15 09:16

alt text

Dicas de Segurança para seu condomínio:

1. Segurança eletrônica para condomínios

É fundamental o uso correto dos equipamentos de segurança eletrônica. Tão essencial quanto ter funcionários treinados para a função de vigilantes.

2. Controle de entrada de visitantes ao condomínio

É um momento que exige atenção e identificação. Sempre manter o portão fechado para qualquer pessoa estranha, ou que não se identifique corretamente. Ou que não seja aguardada pelo morador.

Isso serve para entregadores e prestadores de serviço também.

3. Guarita.

Deve servir como segurança e garantir a integridade física do funcionário que está exposto aos riscos, servindo como escudo do condomínio.

4. Contratação de funcionários do condomínio.

Sempre que for preciso contratar funcionários, exigir antecedentes e referência. Considerar a capacitação do profissional para a função exercida.

5. Procedimentos de emergência.

Em caso de pânico, ou emergência, o ideal é ter sempre telefones úteis por perto.

Condôminos e porteiros podem criar uma senha, para situações de risco. Por exemplo, em caso de ser rendido, em seu veículo, por um criminoso, o morador pode fazer uso da senha para alertar ao porteiro a situação.

6. Contratação de funcionários de condôminos.

Ao contratar funcionários, o morador deverá solicitar antecedente e referências também. E avisar ao síndico, para que o mesmo providencie identificação e permitir a entrada do mesmo.

7. Ser discreto na frente dos funcionários.

Evite falar de seus bens, ou de suas finanças, na presença de um funcionário, seja seu ou do condomínio. Principalmente se tiver filhos.

8. Chaves do apartamento.

Nunca deixe a chave do apartamento na portaria ou com funcionários, a não ser que o mesmo seja de sua inteira confiança.

9. Garagem do condomínio.

Seu veículo, ainda que seja na garagem do seu condomínio, deve ficar sempre com o alarme ligado, vidros e portas fechadas. Não esquecer pertences, objetos ou pacotes, à vista.

10. Instalação de equipamentos de segurança.

Se você morar no térreo, primeiro e segundo andar pode redobrar a segurança instalando alarmes e grades nas portas e janelas. Usar interfone para manter a comunicação com a portaria. Instalar olho mágico na porta do apartamento.

Ser responsável faz a diferença!

A falha humana pode ser um fator que contribui para a ação dos bandidos. Então vale lembrar que, em um condomínio, todos são responsáveis por todos.

Seja funcionário, ou morador, entre outras coisas, as regras de segurança que constam no Regulamento Interno devem ser sempre seguidas.

Para colocar em prática, no dia a dia, as dicas de segurança para o condomínio é preciso estar sempre atento em detalhes e movimentações estranhas.